Atendimento: 48 3953-7700           

Santa Catarina atinge a marca de 100 empresas no SISBI

25 de novembro de 2022

Santa Catarina atinge a marca de 100 empresas no Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (SISBI), que permite a comercialização de produtos no mercado nacional. O SISBI faz parte do sistema unificado de atenção à sanidade agropecuária - SUASA que padroniza e harmoniza os procedimentos de inspeção de produtos de origem animal garantindo a inocuidade e a segurança alimentar.

A centésima agroindústria a aderir ao sistema foi o Frigorífico Planalto Norte, de Mafra. O certificado foi entregue oficialmente nesta quinta-feira (24). No início, a unidade deve operar inicialmente apenas com cortes bovinos, mas está autorizado também a abater ovinos. Em Santa Catarina a instituição responsável por conceder o registro é a Cidasc.

Por que o SISBI é tão importante para SC?

Santa Catarina é um grande produtor de alimentos, com enorme potencial para atender o mercado nacional e internacional tanto pelos cuidados com a sanidade animal quanto pela qualidade no beneficiamento de produtos de origem animal, como lácteos, cárneos, ovos, mel e pescados.

Em 2020, Santa Catarina possuía 47 empresas com este selo de inspeção, mas um número muito maior de empresas registradas no Serviço de Inspeção Estadual (SIE), que permite a comercialização dos produtos no Estado. Os critérios de produção no processo tecnológico destas duas categorias de empresas são semelhantes. Por isto, a Cidasc estimulou empresas inscritas no SIE a buscarem a adesão ao SISBI também. A obtenção de um selo de inspeção com abrangência nacional amplia as possibilidades de negócios.

CIDASC