Conselho Regional de Medicina Veterinária de Santa Catarina - CRMV-SC
Atendimento 48 3953-7700           
Transparência        

CRMV-SC e Somevesc inauguram busto de Claude Bourgelat - Fundador da primeira escola de medicina veterinária do mundo

06 de setembro de 2023

O CRMV-SC e a Somevesc inauguraram nesta quarta-feira (06), o busto de Claude Bourgelat, no Centro Executivo dos Médicos-Veterinários, em Florianópolis. Bourgelat fundou, em 1761, a primeira escola de veterinária do mundo, a escola de Lyon, na França.

O evento faz parte das comemorações pelo Dia do Médico-Veterinário, celebrado no próximo sábado (09). “Nada mais justo que prestar uma homenagem a este profissional que abriu caminho para todos nós, médicos-veterinários. É um pequeno legado que deixamos, mas que tem uma grande simbologia”, afirma o presidente do CRMV-SC, Marcos Neves.

A presidente da Somevesc, Cristhiane Cattani, falou sobre a obra desenvolvida pelo artista catarinense, da cidade de Brusque, Karl Theichmann. “Nossa intenção é manter viva a memória de uma personalidade tão representativa na entrada desta casa, que é de todos os médicos-veterinários de Santa Catarina.

Na sequência, ela passou a palavra para o idealizador do projeto, o presidente da Comissão de Ensino da Somevesc, prof. Peter Johann Bürger. “A ideia de Claude Bourgelat foi criar um curso de cunho científico para a formação em medicina veterinária, até então as pessoas eram práticas, tinham apenas alguma lida com animais”, destacou.

O vice-presidente da Somevesc, prof. Adil Knackfuss Vaz, contou algumas curiosidades sobre ele. “Um homem de família nobre, apaixonado por equitação e que desenvolveu um estilo de montaria que é usado até hoje.

O CRMV-SC foi representado pelo assessor técnico Fernando Zacchi e pelo assessor jurídico, Anselmo Livramento. Participaram ainda representantes dos núcleos regionais de medicina-veterinária.

HISTÓRIA

A Medicina Veterinária passou a ser uma profissão científica, somente em 1761 por meio da criação da primeira Escola de Medicina Veterinária na França e no mundo, na cidade de Lyon.

Claude Bourgelat era um advogado e amante de cavalos, que não se conformava com ,a ineficiência no tratamento empírico de seus cavalos de raça e, usando sua influência, convenceu o Rei Luiz XV a criar a Escola Veterinária de Lyon, que entrou em funcionamento em 1762.

Em 1766, surgiu a segunda escola de veterinária no mundo, a École Nationale Vétérinaire d’Alfort, também fundada por Bougerlat, nos subúrbios de Paris. A partir de então, outros países da Europa começaram a criar as suas escolas.

CURIOSIDADES

- Os únicos critérios para admissão dos primeiros estudantes em eram saber ler e escrever.

- Em 1762, havia 36 estudantes, depois as turmas foram padronizadas em 30.

- Estudos eram focado em três áreas: exterior, osteologia e micologia; clinica, esplancologia e curativos; e fisiologia, farmacologia e terapêutica.

- Ênfase prática, com aulas de dissecação e ferrageamento.

- Faleceu, ainda ensinado, em 3 de janeiro de 1779, aos 67 anos.

FOTOS